Faça autoexame de mama uma vez ao mês

« MAIS NOTÍCIAS


08/09/2018

O autoexame é muito importante para se diagnosticar, precocemente, o câncer de mama. Este texto foi elaborado para que a mulher conheça melhor suas mamas e as mudanças que ocorrem, nesta parte do corpo feminino, durante toda a vida.  Conhecer essas mudanças pode ajudar a reconhecer algumas alterações, quando se faz o autoexame.

Conheça sua mama.
Em cada mama existem 15 a 20 lobos; dentro de cada um existem muitos lóbulos que contêm inúmeros ácinos, que são os responsáveis pela produção de leite. 
Todos os lobos, lóbulos e ácinos estão conectados entre si por canais chamados dutos, que se dirigem para o mamilo, localizado na zona central da pele, chamada aréola. 
Os espaços entre os lóbulos e os ácinos são preenchidos por gordura. Tecidos fibrosos, um superficial, outro profundo aderente aos músculos peitorais, envolvem a mama. 
Eles estão conectados entre si pelos ligamentos de Cooper. Nas mamas, também são encontrados vasos sanguíneos (artérias e veias) e vasos linfáticos, drenando a linfa para os gânglios linfáticos que se encontram em grande número na axila, ao longo da artéria mamária interna e acima e abaixo da clavícula. 
As duas mamas, geralmente, não são iguais. Suas características dependem da influência dos hormônios ovarianos (estrogênios e progesterona), que variam desde a puberdade, nos ciclos menstruais, gravidez e na menopausa. 

Conheça as mudanças que ocorrem nas mamas durante a vida. 
 -Na puberdade, as mamas começam a crescer, antes do início da primeira menstruação. 
O crescimento é controlado pelos hormônios femininos.
-Na semana antes da menstruação, as mamas aumentam de volume por acúmulo de líquidos. Nesse período, podem aparecer nódulos que diminuem ou desaparecem na semana seguinte ao início da menstruação.
-Durante a gravidez, as mamas também aumentam de volume e tornam-se mais tensas; desse modo, as glândulas mamárias e os canais se alargam. Só voltam ao seu volume normal ao término da amamentação.
-Quando chega à menopausa, ocorre a redução do tamanho das glândulas mamárias e dos Canais. O tecido fibroso que suporta as mamas torna-se menos duro. As mamas ficam menos firmes e, por vezes, caídas.
-As mamas também podem mudar com o aumento ou diminuição do peso corporal, já que possuem gordura.

Autoexame e mamografia
Deve-se realizar o autoexame mamário todos os meses, a partir dos 20 anos, e se notar alguma alteração como nódulos, deve-se imediatamente consultar o médico especializado. O período ideal para se fazer o autoexame é logo após o fim do período menstrual, quando as mamas são menos doloridas.Também é importante realizar o exame de mamografia periodicamente, a cada um ou dois anos. A primeira mamografia (Baseline) geralmente é feita aos 35 anos.