Saiba mais sobre depressão pós-parto

« MAIS NOTÍCIAS


20/10/2015

A depressão pós-parto é caracterizada por sintomas semelhantes aos da depressão comum: tristeza frequente e intensa, mudança no estado de humor, isolamento social, pouca vontade de sair de casa, apetite e sono alterados. Os sintomas podem ser notados entre um mês até um ano após o parto. 

A depressão pós-parto é prejudicial tanto para a mãe como para seu filho. Mães deprimidas tendem a não cuidar adequadamente dos seus bebês, o que pode prejudicar a saúde e o desenvolvimento da criança. Se a mãe apresentar os sintomas de depressão, é importante receber ajuda com urgência, enquanto os sintomas ainda são brandos. A atuação rápida de um psicólogo ou de um psiquiatra é fundamental. O tratamento é semelhante ao de outros tipos de depressão, o que diferencia é o fato de a paciente estar em período pós-parto. 

O pediatra da criança e a família devem ficar atentos ao comportamento da mãe durante o período de até um ano. Estudos mostram que o distúrbio não é apenas de ordem psicológica ( exemplo: trauma por dores, durante o parto, ou dificuldade de assumir o papel de mãe), mas também pode ser de ordem biológica (por fatores hormonais) e até por fator social, como em mulheres com dificuldades financeiras.