Sobre a Documenta


Documenta. Médicos e pacientes atendidos com excelência.

Missão


Promover a saúde, utilizando a alta tecnologia da medicina diagnóstica e tendo como diferencial o fator humano na excelência de atendimento.

Visão


Ser a maior rede de centro de diagnóstico por imagem do interior do estado de São Paulo reconhecida por um resultado assertivo.

Valores


Garantir a realização de exames diagnósticos e terapêutico por imagem, com segurança e qualidade.


A Documenta foi inaugurada em 1997, em um grande centro de excelência médica, Ribeirão Preto, estado de São Paulo, com um dos maiores conjuntos de novos equipamentos de diagnósticos por imagem instalado num só lugar: tomógrafo espiral, ressonância magnética de alto campo, mamógrafo, equipamentos de raios-X com controle automático de exposição, ultrassons com Doppler colorido e angiografia digital.

O projeto e o local, integrado ao Hospital São Francisco, um dos mais conceituados da cidade, contemplava a tendência mundial de atender pacientes internos e pacientes externos (ambulatoriais) de maneira independente, garantindo o bem estar dos pacientes e, ao mesmo tempo, dando segurança de se ter, durante os exames, o suporte de um hospital.

Na mesma época, foi inaugurada a Documenta – Unidade Maternidade Sinhá Junqueira, localizada em hospital voltado para o atendimento da mulher, onde foram instalados ultrassons e mamógrafo com estereotaxia digital, pioneiro na região, com o objetivo principal de proporcionar menor desconforto durante os exames.

Em 2005, foi aberta a Unidade da Mulher, localizada em bairro nobre e em um prédio totalmente independente, voltada unicamente para cuidar da saúde da mulher.

Para estar perto de médicos e pacientes com importantes recursos médicos, inaugurou mais 3 unidades: a Hospital São Marcos, em Jaboticabal, a Hospital Netto Campello, em Sertãozinho e a Garibaldi, a quarta em Ribeirão Preto. Seu atual conjunto de equipamentos conta com uma ressonância magnética na unidade de Sertãozinho e duas na unidade Hospital São Francisco, sendo uma ressonância para claustrofóbicos e obesos instalada junto à uma ressonância de alto campo, facilitando a complementação de exames, além de tomógrafo multislice de 16 canais.

Em 2011 iniciou sua busca pela acreditação com excelência para a sua unidade Hospital São Francisco. Dois anos depois recebeu o selo ‘acreditado pleno’ passando a ser o primeiro centro de diagnóstico por imagem “acreditado pleno do estado de São Paulo. E o nono do país. A importante certificação, concedida pela ONA – Organização Nacional de Acreditação atesta a segurança do paciente durante os procedimentos e a melhoria constante da qualidade dos serviços prestados.

Em 2016 inaugura uma nova unidade em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, no primeiro andar do Hospital Cassems.

Em 2018 inicia seu plano de expansão abrindo unidades em todo interior de São Paulo e se tornando um dos maiores centros de diagnóstico por imagem do interior do estado de São Paulo.

Documenta